Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

The residual pieces


Solveig Phyllis Rocher
Rivoli Teatro Municipal, Porto

Projeto Prétu: A Luta Continua


Chullage
Hangar - Centro de Investigação Artistica, Lisboa

Há algo de irreversível no ar: notas para descolonizar o inconsciente


Suely Rolnik
Teatro do Bairro Alto - TBA, Lisboa

De que é feita uma coleção? Corpo e Matéria


Ciclo de conversas
Centro de Arte Contemporânea de Coimbra, Coimbra

Welcome to Paradise!


Luís Ribeiro e Raquel Guerra
Espaço MIRA, Porto

Cock, Cock… Who’s There?


Samira Elagoz
Lux Frágil, Lisboa

Atlântico


Tiago Cadete
Teatro Nacional D.Maria II, Lisboa

Anywhere Else


António Olaio
TAGV, Coimbra

CICLO DE FILMES


CAO GUIMARÃES
MAAT, Lisboa

All de light that's ours to see


Judith Barry e Giovanbattista Tusa
Lumiar Cité - Maumaus, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 


ADOLFO LUXÚRIA CANIBAL, MARTA ABREU, ANA DEUS E ALEXANDRE SOARES

Palavra à Mesa




MAUS HÁBITOS - ESPAÇO DE INTERVENÇÃO CULTURAL
Rua Passos Manuel, 178, 4º
4200-382 PORTO

03 NOV - 24 NOV 2020


Palavra à Mesa
Com Adolfo Luxúria Canibal, Marta Abreu, Ana Deus e Alexandre Soares



SESSÕES

3 e 17 de Novembro: Adolfo Luxúria Canibal e Marta Abreu (Mão Morta)

10 e 24 de Novembro: Ana Deus e Alexandre Soares (Três Tristes Tigres, Osso Vaidoso)



Depois de duas noites de Palavra à Mesa, a solo, com a sala de espectáculos do Maus Hábitos esgotada, Adolfo Luxúria Canibal volta às sessões de leitura em Novembro, desta feita acompanhado por Marta Abreu. Apesar de se terem conhecido quando Marta integrou os Mão Morta no álbum “Primavera de Destroços” (2001), nunca tinham pensado voltar a trabalhar juntos. Fruto dos meses de confinamento, o projecto que agora apresentam nasceu de uma espécie de brincadeira com os poucos meios que dispunham em casa: livros, um i-pad e um velho piano eléctrico. Foi assim que começaram, filmando com um telemóvel Adolfo Luxúria Canibal a ler poemas e Marta Abreu a criar ambientes sonoros para essas leituras. Em Julho, entraram em estúdio para registar o trabalho, “Goela Hiante”, a ser lançado em breve, tendo estrado ao vivo no Café-Concerto em Aveiro no passado mês de Setembro. Agora é a vez do Maus Hábitos acolher duas sessões a 3 e 17 de Novembro. Já a mítica dupla Ana Deus e Alexandre Soares (Três Tristes Tigres, Osso Vaidoso) apresenta também duas sessões inéditas, pensadas para a rubrica, a 10 e 24 do mesmo mês. À voz de Ana Deus na leitura de poemas junta-se Alexandre Soares na guitarra e sintetizador e ainda o vídeo de Pedro Maia.