Links

PERSPETIVA ATUAL


“Just Kick it Till it Breaks” em The Kitchen


Joan Jonas, “The Shape, The Scent, The Feel of Things”. Galeria Yvon Lambert


Jonathan Monk, “Some Kind of Game Between This and That”. Galeria Casey Kaplan


Rirkrit Tiravanija, “Untitled 1992 (Free)”. Galeria David Zwirner


Gordon Matta-Clark, “Open House”, 1972. Galeria David Zwirner


Philippe Parreno e Rirkrit Tiravanija, “Stories are Propaganda”. Galeria Friedrich Petzel


Josh Smith, "Untitled", 2007. Galeria Luhring Augustine


Pierre Bismuth, “One Size Fits All”. Galeria Mary Boone


Pierre Bismuth, “One Size Fits All”. Team Gallery


Jutta Koether e Kim Gordon “Dead Already” - Magik Markers, performance. Reena Spaulings Fine Art

Outros artigos:

2017-09-05


PAULA PINTO


2017-07-26


NATÁLIA VILARINHO


2017-07-17


ANA RITO


2017-07-11


PEDRO POUSADA


2017-06-30


PEDRO POUSADA


2017-05-31


CONSTANÇA BABO


2017-04-26


MARC LENOT


2017-03-28


ALEXANDRA BALONA


2017-02-10


CONSTANÇA BABO


2017-01-06


CONSTANÇA BABO


2016-12-13


CONSTANÇA BABO


2016-11-08


ADRIANO MIXINGE


2016-10-20


ALBERTO MORENO


2016-10-07


ALBERTO MORENO


2016-08-29


NATÁLIA VILARINHO


2016-06-28


VICTOR PINTO DA FONSECA


2016-05-25


DIOGO DA CRUZ


2016-04-16


NAMALIMBA COELHO


2016-03-17


FILIPE AFONSO


2016-02-15


ANA BARROSO


2016-01-08


TAL R EM CONVERSA COM FABRICE HERGOTT


2015-11-28


MARTA RODRIGUES


2015-10-17


ANA BARROSO


2015-09-17


ALBERTO MORENO


2015-07-21


JOANA BRAGA, JOANA PESTANA E INÊS VEIGA


2015-06-20


PATRÍCIA PRIOR


2015-05-19


JOÃO CARLOS DE ALMEIDA E SILVA


2015-04-13


Natália Vilarinho


2015-03-17


Liz Vahia


2015-02-09


Lara Torres


2015-01-07


JOSÉ RAPOSO


2014-12-09


Sara Castelo Branco


2014-11-11


Natália Vilarinho


2014-10-07


Clara Gomes


2014-08-21


Paula Pinto


2014-07-15


Juliana de Moraes Monteiro


2014-06-13


Catarina Cabral


2014-05-14


Alexandra Balona


2014-04-17


Ana Barroso


2014-03-18


Filipa Coimbra


2014-01-30


JOSÉ MANUEL BÁRTOLO


2013-12-09


SOFIA NUNES


2013-10-18


ISADORA H. PITELLA


2013-09-24


SANDRA VIEIRA JÜRGENS


2013-08-12


ISADORA H. PITELLA


2013-06-27


SOFIA NUNES


2013-06-04


MARIA JOÃO GUERREIRO


2013-05-13


ROSANA SANCIN


2013-04-02


MILENA FÉRNANDEZ


2013-03-12


FERNANDO BRUNO


2013-02-09


ARTECAPITAL


2013-01-02


ZARA SOARES


2012-12-10


ISABEL NOGUEIRA


2012-11-05


ANA SENA


2012-10-08


ZARA SOARES


2012-09-21


ZARA SOARES


2012-09-10


JOÃO LAIA


2012-08-31


ARTECAPITAL


2012-08-24


ARTECAPITAL


2012-08-06


JOÃO LAIA


2012-07-16


ROSANA SANCIN


2012-06-25


VIRGINIA TORRENTE


2012-06-14


A ART BASEL


2012-06-05


dOCUMENTA (13)


2012-04-26


PATRÍCIA ROSAS


2012-03-18


SABRINA MOURA


2012-02-02


ROSANA SANCIN


2012-01-02


PATRÍCIA TRINDADE


2011-11-02


PATRÍCIA ROSAS


2011-10-18


MARIA BEATRIZ MARQUILHAS


2011-09-23


MARIA BEATRIZ MARQUILHAS


2011-07-28


PATRÍCIA ROSAS


2011-06-21


SÍLVIA GUERRA


2011-05-02


CARLOS ALCOBIA


2011-04-13


SÓNIA BORGES


2011-03-21


ARTECAPITAL


2011-03-16


ARTECAPITAL


2011-02-18


MANUEL BORJA-VILLEL


2011-02-01


ARTECAPITAL


2011-01-12


ATLAS - COMO LEVAR O MUNDO ÀS COSTAS?


2010-12-21


BRUNO LEITÃO


2010-11-29


SÍLVIA GUERRA


2010-10-26


SÍLVIA GUERRA


2010-09-30


ANDRÉ NOGUEIRA


2010-09-22


EL CULTURAL


2010-07-28


ROSANA SANCIN


2010-06-20


ART 41 BASEL


2010-05-11


ROSANA SANCIN


2010-04-15


FABIO CYPRIANO - Folha de S.Paulo


2010-03-19


ALEXANDRA BELEZA MOREIRA


2010-03-01


ANTÓNIO PINTO RIBEIRO


2010-02-17


ANTÓNIO PINTO RIBEIRO


2010-01-26


SUSANA MOUZINHO


2009-12-16


ROSANA SANCIN


2009-11-10


PEDRO NEVES MARQUES


2009-10-20


SÍLVIA GUERRA


2009-10-05


PEDRO NEVES MARQUES


2009-09-21


MARTA MESTRE


2009-09-13


LUÍSA SANTOS


2009-08-22


TERESA CASTRO


2009-07-24


PEDRO DOS REIS


2009-06-15


SÍLVIA GUERRA


2009-06-11


SANDRA LOURENÇO


2009-06-10


SÍLVIA GUERRA


2009-05-28


LUÍSA SANTOS


2009-05-04


SÍLVIA GUERRA


2009-04-13


JOSÉ MANUEL BÁRTOLO


2009-03-23


PEDRO DOS REIS


2009-03-03


EMANUEL CAMEIRA


2009-02-13


SÍLVIA GUERRA


2009-01-26


ANA CARDOSO


2009-01-13


ISABEL NOGUEIRA


2008-12-16


MARTA LANÇA


2008-11-25


SÍLVIA GUERRA


2008-11-08


PEDRO DOS REIS


2008-11-01


ANA CARDOSO


2008-10-27


SÍLVIA GUERRA


2008-10-18


SÍLVIA GUERRA


2008-09-30


ARTECAPITAL


2008-09-15


ARTECAPITAL


2008-08-31


ARTECAPITAL


2008-08-11


INÊS MOREIRA


2008-07-25


ANA CARDOSO


2008-07-07


SANDRA LOURENÇO


2008-06-25


IVO MESQUITA


2008-06-09


SÍLVIA GUERRA


2008-06-05


SÍLVIA GUERRA


2008-05-14


FILIPA RAMOS


2008-05-04


PEDRO DOS REIS


2008-04-09


ANA CARDOSO


2008-04-03


ANA CARDOSO


2008-03-12


NUNO LOURENÇO


2008-02-25


ANA CARDOSO


2008-02-12


MIGUEL CAISSOTTI


2008-02-04


DANIELA LABRA


2008-01-07


SÍLVIA GUERRA


2007-12-17


ANA CARDOSO


2007-12-02


NUNO LOURENÇO


2007-11-18


ANA CARDOSO


2007-11-17


SÍLVIA GUERRA


2007-11-14


LÍGIA AFONSO


2007-11-08


SÍLVIA GUERRA


2007-11-02


AIDA CASTRO


2007-10-25


SÍLVIA GUERRA


2007-10-20


SÍLVIA GUERRA


2007-10-01


TERESA CASTRO


2007-09-20


LÍGIA AFONSO


2007-08-30


JOANA BÉRTHOLO


2007-08-21


LÍGIA AFONSO


2007-08-06


CRISTINA CAMPOS


2007-07-15


JOANA LUCAS


2007-07-02


ANTÓNIO PRETO


2007-06-21


ANA CARDOSO


2007-06-12


TERESA CASTRO


2007-06-06


ALICE GEIRINHAS / ISABEL RIBEIRO


2007-05-22


ANA CARDOSO


2007-05-12


AIDA CASTRO


2007-04-24


SÍLVIA GUERRA


2007-04-13


ANA CARDOSO


2007-03-26


INÊS MOREIRA


2007-03-07


ANA CARDOSO


2007-03-01


FILIPA RAMOS


2007-02-21


SANDRA VIEIRA JURGENS


2007-01-28


TERESA CASTRO


2007-01-16


SÍLVIA GUERRA


2006-12-15


CRISTINA CAMPOS


2006-12-07


ANA CARDOSO


2006-12-04


SÍLVIA GUERRA


2006-11-28


SÍLVIA GUERRA


2006-11-13


ARTECAPITAL


2006-11-07


ANA CARDOSO


2006-10-30


SÍLVIA GUERRA


2006-10-29


SÍLVIA GUERRA


2006-10-27


SÍLVIA GUERRA


2006-10-11


ANA CARDOSO


2006-09-25


TERESA CASTRO


2006-09-03


ANTÓNIO PRETO


2006-08-17


JOSÉ BÁRTOLO


2006-07-24


ANTÓNIO PRETO


2006-07-06


MIGUEL CAISSOTTI


2006-06-14


ALICE GEIRINHAS


2006-06-07


JOSÉ ROSEIRA


2006-05-24


INÊS MOREIRA


2006-05-10


AIDA E. DE CASTRO


2006-04-20


JORGE DIAS


2006-04-05


SANDRA VIEIRA JURGENS


share |

EXPOSIÇÕES NYC /ABRIL 07



ANA CARDOSO

2007-04-13




“Just Kick it Till it Breaks” é a actual exposição de grupo apresentada no espaço “The Kitchen”, em Chelsea, na rua 19, e que fica até ao dia 28 de Abril. Os artistas são Fia Backstrom, Carol Bove, Bozidar Brazda, Gardar Eide Einarsson, Adam Helms, Scott Hug, Corey McCorkle, Dave McKenzie, Josephine Meckseper, Michael Phelan e Meredyth Sparks. Comissariada por Debra Singer e Matthew Lyons, a exposição conta com um conjunto de obras que se situam entre o protesto político — romântico e underground — e a sociedade de consumo. O político é abordado indirectamente por meio de mudanças e substituições de objectos, como acontece nas esculturas-estantes de Bove ou Meckseper.


Joan Jonas mostra na galeria Yvon Lambert, em Chelsea, até 26 de Abril, “The Shape, The Scent, The Feel of Things” — uma instalação de cinco vídeos, em resposta a uma viagem de Aby Warburg ao Sudoeste americano, no final do século XIX. Há a participação do músico de jazz, Jason Moran e de vários objectos que pretendem levar à performance sem a presença do performer, no seguimento do projecto “My New Theater”, iniciado em 1997, em que os objectos são teatros portáteis.


“Some Kind of Game Between This and That” é a exposição de Jonathan Monk, a decorrer na galeria Casey Kaplan, em Chelsea, até 5 de Maio. Monk faz referências irónicas e cómicas à arte conceptual das décadas de 60 e 70, regendo-se pelos mesmos princípios que favorecem a ideia, a produção em série e a desmaterialização do objecto artístico; usa diferentes media e faz confluir cultura popular, história da arte e referências pessoais.


Numa das três salas da galeria David Zwirner, em Chelsea, são recriadas duas peças, uma de Rirkrit Tiravanija, “Untitled 1992 (Free)”, e outra de Gordon Matta-Clark, “Open House”, 1972 — até 28 de Abril. “Untitled 1992 (Free)” recria toda a estrutura arquitectónica da galeria 303, onde a peça foi criada em 1992. Nessa altura, Tiravanija deslocou todos os objectos da galeria para o espaço central e ofereceu um jantar de comida tailandesa durante a inauguração. Agora, os objectos são os mesmos, até os restos desse jantar estão empacotados e em exposição, e é possível comer o que lá é cozinhado, diariamente. “Open House” é uma das peças de Matta-Clark que recicla materiais para construir um espaço útil — espaço que, em 1972, foi habitado por pessoas sem-abrigo, na Greene Street, no Soho, em frente ao estúdio do artista.

São peças que tentam enfraquecer o consumismo artístico.

Philippe Parreno e Rirkrit Tiravanija apresentam na galeria Friedrich Petzel, também em Chelsea, um vídeo feito em conjunto e intitulado “Stories are Propaganda”, até 21 de Abril. O filme baseia-se em pensamentos e memórias que surgiram durante uma viagem à China, e foi filmado no Verão de 2005, em Guangzhou, a área metropolitana chinesa com maior população. Existe um tom melancólico na relação que se faz entre a voz off de uma criança quase adolescente que lê o texto e a justaposição de imagens díspares — um coelho albino, um programa de televisão, um boneco de neve feito de areia. O filme de 8’40’’ fala do mundo, da globalização, do crescimento demográfico, do aquecimento global, num tom nostálgico e sob perspectivas múltiplas: “...before you could get an espresso in Hamburg or Milwaukee... when people walked on the moon and snow covered London for weeks during Christmas time... A time when things were not weird, but strange, and then they were really strange.“


Jorge Pardo, também na Friedrich Petzel até 21 de Abril, mostra móveis para manter garrafas de vinho a uma temperatura controlada, candeeiros de tecto que lembram algas chinesas em plexiglass, relógios de cartão e pinturas feitas em serigrafia com motivos florais. Festivo e decorativo, dentro da tendência vintage actual.


A primeira exposição individual de Josh Smith na galeria Luhring Augustine em Chelsea, uma nova série de pinturas abstractas, explora a mitologia do artista através da ironia das convenções formais. As pinturas parecem rápidas e também parecem brincar com a história da pintura abstracta, o que favorece a investigação do artista no campo da autoria e da autenticidade. A sua metodologia é sistemática e serial. As pinturas empregam uma atitude informal e casual que evoca a velha questão da arte pela arte. Até ao dia 28 de Abril.


Pierre Bismuth tem três exposições concorrentes, com convite único, a acontecer nos dois espaços da Mary Boone (Chelsea e Uptown) e na Team Gallery, no Soho, até 28 de Abril. O título comum é “One Size Fits All”, e as peças são inconstantes e imprevisíveis — jogam às tipologias artísticas. O seu método conceptual tende a desmantelar processos culturais, entre o ready-made e a arte pop. Na galeria Mary Boone, ele mostra duas réplicas enormes, do chão ao tecto, das páginas da Artforum onde foram anunciadas as suas exposições, incluindo frente e verso. Na Team, apresenta “One Man’s Masterpiece is Another Man’s Mess”, fotografias ampliadas de um vidro partido, a citar o “Grand Verre” de Duchamp, sendo, neste caso, a obra apenas a mess


Kristin Baker mostra na Deitch Projects, no Soho, “Surge and Shadow” — novamente as mesmas pinturas inspiradas em colisões, desastres e explosões, apesar de estas terem perdido os seus referentes figurativos e serem claramente mais abstractas. O efeito óptico é poderoso não só pela escala, mas também pela quantidade de aplicações de tinta e transparências.


A peça mais interessante é a pintura sobre plexiglass, que assenta numa estrutura metálica em forma curva e cria um espaço arquitectónico que conduz o movimento da própria pintura. A outra pintura, que assenta numa estrutura deslocada da parede, inspira-se também no “Grand Verre” de Duchamp, objecto vítima de um acidente literal. Até ao dia 14 de Abril.


Jutta Koether e Kim Gordon mostram “Dead Already”, na Reena Spaulings Fine Art, espaço de uma galerista fíctícia, no Lower East Side, até 29 de Abril. Koether e Gordon organizaram um espaço em constante transformação, para todo o período da exposição, que conta com aparições, participações e performances (Dan Graham, bandas como os Magik Markers, K8 Hardy, Ei Arakawa, entre outros) — um work in progress. “Dead Already” pretende dar conta da aparição de imagens que estão por fixar. No espaço da galleria, há pinturas empilhadas que evocam um expressionismo zombie, à procura de uma narrativa entre diferentes campos e coreografias, mais ou menos espontâneas, que vão alterando o aspecto e a presença do local.



Ana Cardoso