Links

PERSPETIVA ATUAL


“Société Anonyme”: Problema da semana 1. ©Martin Argyroglo


“Société Anonyme”: Problema da semana 1. ©Martin Argyroglo


“Société Anonyme”: Reunião de Trabalho/Problema da semana. © Natacha Détré


“Société Anonyme”: Preparação do Jantar de Sábado. © Natacha Détré


“Société Anonyme”: Laboratório dirigido Erik Beltrán. © Natacha Détré


“Société Anonyme”: Set de tv-tv

Outros artigos:

2017-09-05


PAULA PINTO


2017-07-26


NATÁLIA VILARINHO


2017-07-17


ANA RITO


2017-07-11


PEDRO POUSADA


2017-06-30


PEDRO POUSADA


2017-05-31


CONSTANÇA BABO


2017-04-26


MARC LENOT


2017-03-28


ALEXANDRA BALONA


2017-02-10


CONSTANÇA BABO


2017-01-06


CONSTANÇA BABO


2016-12-13


CONSTANÇA BABO


2016-11-08


ADRIANO MIXINGE


2016-10-20


ALBERTO MORENO


2016-10-07


ALBERTO MORENO


2016-08-29


NATÁLIA VILARINHO


2016-06-28


VICTOR PINTO DA FONSECA


2016-05-25


DIOGO DA CRUZ


2016-04-16


NAMALIMBA COELHO


2016-03-17


FILIPE AFONSO


2016-02-15


ANA BARROSO


2016-01-08


TAL R EM CONVERSA COM FABRICE HERGOTT


2015-11-28


MARTA RODRIGUES


2015-10-17


ANA BARROSO


2015-09-17


ALBERTO MORENO


2015-07-21


JOANA BRAGA, JOANA PESTANA E INÊS VEIGA


2015-06-20


PATRÍCIA PRIOR


2015-05-19


JOÃO CARLOS DE ALMEIDA E SILVA


2015-04-13


Natália Vilarinho


2015-03-17


Liz Vahia


2015-02-09


Lara Torres


2015-01-07


JOSÉ RAPOSO


2014-12-09


Sara Castelo Branco


2014-11-11


Natália Vilarinho


2014-10-07


Clara Gomes


2014-08-21


Paula Pinto


2014-07-15


Juliana de Moraes Monteiro


2014-06-13


Catarina Cabral


2014-05-14


Alexandra Balona


2014-04-17


Ana Barroso


2014-03-18


Filipa Coimbra


2014-01-30


JOSÉ MANUEL BÁRTOLO


2013-12-09


SOFIA NUNES


2013-10-18


ISADORA H. PITELLA


2013-09-24


SANDRA VIEIRA JÜRGENS


2013-08-12


ISADORA H. PITELLA


2013-06-27


SOFIA NUNES


2013-06-04


MARIA JOÃO GUERREIRO


2013-05-13


ROSANA SANCIN


2013-04-02


MILENA FÉRNANDEZ


2013-03-12


FERNANDO BRUNO


2013-02-09


ARTECAPITAL


2013-01-02


ZARA SOARES


2012-12-10


ISABEL NOGUEIRA


2012-11-05


ANA SENA


2012-10-08


ZARA SOARES


2012-09-21


ZARA SOARES


2012-09-10


JOÃO LAIA


2012-08-31


ARTECAPITAL


2012-08-24


ARTECAPITAL


2012-08-06


JOÃO LAIA


2012-07-16


ROSANA SANCIN


2012-06-25


VIRGINIA TORRENTE


2012-06-14


A ART BASEL


2012-06-05


dOCUMENTA (13)


2012-04-26


PATRÍCIA ROSAS


2012-03-18


SABRINA MOURA


2012-02-02


ROSANA SANCIN


2012-01-02


PATRÍCIA TRINDADE


2011-11-02


PATRÍCIA ROSAS


2011-10-18


MARIA BEATRIZ MARQUILHAS


2011-09-23


MARIA BEATRIZ MARQUILHAS


2011-07-28


PATRÍCIA ROSAS


2011-06-21


SÍLVIA GUERRA


2011-05-02


CARLOS ALCOBIA


2011-04-13


SÓNIA BORGES


2011-03-21


ARTECAPITAL


2011-03-16


ARTECAPITAL


2011-02-18


MANUEL BORJA-VILLEL


2011-02-01


ARTECAPITAL


2011-01-12


ATLAS - COMO LEVAR O MUNDO ÀS COSTAS?


2010-12-21


BRUNO LEITÃO


2010-11-29


SÍLVIA GUERRA


2010-10-26


SÍLVIA GUERRA


2010-09-30


ANDRÉ NOGUEIRA


2010-09-22


EL CULTURAL


2010-07-28


ROSANA SANCIN


2010-06-20


ART 41 BASEL


2010-05-11


ROSANA SANCIN


2010-04-15


FABIO CYPRIANO - Folha de S.Paulo


2010-03-19


ALEXANDRA BELEZA MOREIRA


2010-03-01


ANTÓNIO PINTO RIBEIRO


2010-02-17


ANTÓNIO PINTO RIBEIRO


2010-01-26


SUSANA MOUZINHO


2009-12-16


ROSANA SANCIN


2009-11-10


PEDRO NEVES MARQUES


2009-10-20


SÍLVIA GUERRA


2009-10-05


PEDRO NEVES MARQUES


2009-09-21


MARTA MESTRE


2009-09-13


LUÍSA SANTOS


2009-08-22


TERESA CASTRO


2009-07-24


PEDRO DOS REIS


2009-06-15


SÍLVIA GUERRA


2009-06-11


SANDRA LOURENÇO


2009-06-10


SÍLVIA GUERRA


2009-05-28


LUÍSA SANTOS


2009-05-04


SÍLVIA GUERRA


2009-04-13


JOSÉ MANUEL BÁRTOLO


2009-03-23


PEDRO DOS REIS


2009-03-03


EMANUEL CAMEIRA


2009-02-13


SÍLVIA GUERRA


2009-01-26


ANA CARDOSO


2009-01-13


ISABEL NOGUEIRA


2008-12-16


MARTA LANÇA


2008-11-25


SÍLVIA GUERRA


2008-11-08


PEDRO DOS REIS


2008-11-01


ANA CARDOSO


2008-10-27


SÍLVIA GUERRA


2008-10-18


SÍLVIA GUERRA


2008-09-30


ARTECAPITAL


2008-09-15


ARTECAPITAL


2008-08-31


ARTECAPITAL


2008-08-11


INÊS MOREIRA


2008-07-25


ANA CARDOSO


2008-07-07


SANDRA LOURENÇO


2008-06-25


IVO MESQUITA


2008-06-09


SÍLVIA GUERRA


2008-06-05


SÍLVIA GUERRA


2008-05-14


FILIPA RAMOS


2008-05-04


PEDRO DOS REIS


2008-04-09


ANA CARDOSO


2008-04-03


ANA CARDOSO


2008-03-12


NUNO LOURENÇO


2008-02-25


ANA CARDOSO


2008-02-12


MIGUEL CAISSOTTI


2008-02-04


DANIELA LABRA


2008-01-07


SÍLVIA GUERRA


2007-12-17


ANA CARDOSO


2007-12-02


NUNO LOURENÇO


2007-11-18


ANA CARDOSO


2007-11-17


SÍLVIA GUERRA


2007-11-14


LÍGIA AFONSO


2007-11-08


SÍLVIA GUERRA


2007-11-02


AIDA CASTRO


2007-10-25


SÍLVIA GUERRA


2007-10-20


SÍLVIA GUERRA


2007-10-01


TERESA CASTRO


2007-09-20


LÍGIA AFONSO


2007-08-30


JOANA BÉRTHOLO


2007-08-21


LÍGIA AFONSO


2007-08-06


CRISTINA CAMPOS


2007-07-15


JOANA LUCAS


2007-07-02


ANTÓNIO PRETO


2007-06-21


ANA CARDOSO


2007-06-12


TERESA CASTRO


2007-06-06


ALICE GEIRINHAS / ISABEL RIBEIRO


2007-05-22


ANA CARDOSO


2007-05-12


AIDA CASTRO


2007-04-24


SÍLVIA GUERRA


2007-04-13


ANA CARDOSO


2007-03-26


INÊS MOREIRA


2007-03-07


ANA CARDOSO


2007-03-01


FILIPA RAMOS


2007-02-21


SANDRA VIEIRA JURGENS


2007-01-28


TERESA CASTRO


2007-01-16


SÍLVIA GUERRA


2006-12-15


CRISTINA CAMPOS


2006-12-07


ANA CARDOSO


2006-12-04


SÍLVIA GUERRA


2006-11-28


SÍLVIA GUERRA


2006-11-13


ARTECAPITAL


2006-11-07


ANA CARDOSO


2006-10-30


SÍLVIA GUERRA


2006-10-29


SÍLVIA GUERRA


2006-10-27


SÍLVIA GUERRA


2006-10-11


ANA CARDOSO


2006-09-25


TERESA CASTRO


2006-09-03


ANTÓNIO PRETO


2006-08-17


JOSÉ BÁRTOLO


2006-07-24


ANTÓNIO PRETO


2006-07-06


MIGUEL CAISSOTTI


2006-06-14


ALICE GEIRINHAS


2006-06-07


JOSÉ ROSEIRA


2006-05-24


INÊS MOREIRA


2006-05-10


AIDA E. DE CASTRO


2006-04-20


JORGE DIAS


2006-04-05


SANDRA VIEIRA JURGENS


share |

SOCIÉTÉ ANONYME: UM ESPAÇO DE REFLEXÃO EM PARIS



SÍLVIA GUERRA

2007-04-24




“Société Anonyme”
De 14 de Março a 13 de Maio 2007
Le Plateau – Frac, Île-de-France
Place Hannah Arendt, Paris

Uma carta com o enigmático remetente “Société Anonyme” apareceu na minha caixa de correio em Paris.

Teria Duchamp, cujo nome, este ano, é pronunciado em todas as conversas e sobre quem proliferam biografias e revistas monográficas nas prateleiras das livrarias parisienses, saído do território dos mortos para reanimar a sua “Societé Anonyme Inc.”?

Na realidade, a designação foi tomada de empréstimo a Marcel Duchamp, mas o convite foi feito por Natasa Petresin, uma das comissárias deste projecto, juntamente com Thomas Boutoux e François Piron.

“Société Anonyme” não é uma exposição como as outras: é um lugar de encontro e de discussão como todas as sociedades anónimas, e que é preciso frequentar periodicamente.

Inserida no programa “Hospitalités”, um evento em que participam 25 locais dedicados à arte contemporânea, da rede TRAM, e organizada pelo Le Plateau, ligado administrativamente ao Frac (Fonds Régional d’Art Contemporain) de Île-de-France, “Société Anonyme” é um lugar temporário de pesquisa.

O Le Plateau, actualmente dirigido por Caroline Bourgeois, convida frequentemente comissários e artistas a promover eventos e exposições. Em 2006, acolheu uma selecção de artistas sob o comissariado de Pedro Cabrita Reis e para este projecto reuniu três jovens comissários independentes que, por sua vez, convidaram um conjunto de estruturas artísticas ou grupos de artistas baseados em varias cidades do globo (Anvers, Berlim, Nova Iorque, Zagreb, Barcelona, Cidade do México, Copenhaga, Moscovo e São Petersburgo).

O objectivo de “Société Anonyme” é mostrar a actividade artística em processo, na sua fase de pré-produção e nas comunidades de trabalho. Pretendendo ser um atelier colectivo ou um teatro de operações, é uma exposição de trabalho e não de obras.


Itinerário dentro da “Société Anonyme”

No hall do Le Plateau, deparamos com uma biblioteca/ videoteca com o aspecto de uma livraria de centro de arte contemporânea, um projecto da B_Books de Berlim. Esta “ sucursal ” da livraria existente na capital alemã (desde 1993) funciona como um ponto de encontro artístico, com actividades editoriais (desde 1998), publicando também uma revista anual, a “A.N.Y.P.”. Na parede de entrada, onde habitualmente se imprime o nome da exposição em grandes letras, existe uma espécie de placard de anúncios diversos de uma Universidade — aqui, anuncia-se o “problema da semana” que é a temática a ser discutida nas mesas redondas de sábado à tarde, os workshops em curso, os jantares, as festas e os eventos previstos. Continuando a visita pelo espaço, encontramos o laboratório de sinestesia dirigido por Erick Beltrán. Este activista, baseado na Cidade do Mexico, desenvolve uma actividade que combina arquivo e publicações, pretendendo desconstruir os sistemas de representação através dos processos de comunicação utilizados.

Ele esta lá, todos os dias, a falar com os participantes do seu workshop e com o público em geral. Entramos a seguir num A , B , C, D, da República Checa, ou seja, 26 obras de artistas checos de diversas gerações, tantas como as letras do abecedário, um projecto dentro do programa “Tranzit”, financiado pelo banco austríaco Erste Bank; as letras que intitulam os projectos vão mudando ao longo das semanas.

Noutra sala, um estúdio que, ao longo do dia, se apresenta ora deserto ora com toda a equipa de participantes, é o set de tv-tv, uma rede de artistas vinda de Copenhaga. Os seus membros colaboram para a realização de programas televisivos num canal independente (Kanal KØbenhavn) e pretendem com o seu trabalho questionar este meio de comunicação, tendo como objectivo produzir uma televisão crítica que acabe com a ideia do consumidor passivo. Realizam novos programas em Paris empenhados no contexto cultural e social francês.

“16 Beaver/Un Groupe comme les autres” é um site nova-iorquino de “actividade contínua” que, desde a sua criação, produziu mais de 300 eventos que vão de refeições comunitárias a seminários sobre filosofia, passeios e exposições. Durante a “Societé Anonyme”, conduzem uma pesquisa sobre a “questão dos arredores” de Paris e os violentos confrontos que tiveram lugar em 2005, discutem tambem a polarização Paris/arredores, no contexto da campanha presidencial agora em curso.

Tere Recarens, artista em tere-moto, realiza as suas acções aparentemente impossíveis in situ nesta exposição. Numa das últimas passagens, fazia uma buraco minúsculo na parede que não permitia o voyeurismo mas a autocontemplação num espelho do tamanho de uma pupila. Estas são algumas das actividades a que assisti durante as minhas visitas periódicas.

Todos os participantes em “Societé Anonyme”, provisoriamente instalados em Paris, não são franceses, mas discutem a situação desta cidade, deste quarteirão histórico e desta democracia.

É de salientar que o Le Plateau se situa num dos arrondissements acentuadamente multiculturais de Paris, o 19, onde, dentro das fronteiras invisíveis mas nomináveis administrativamente da capital francesa, num bairro operário de início de século XIX, se juntaram famílias de artistas e intelectuais, devido ao custo inferior das rendas das casas, bem como parte da imigração dos países árabes.

Como Duchamp, juntamente com Katherine Dreier e Man Ray, em 1920, pretenderam levar a arte moderna aos Estados Unidos, estes três comissários trazem exemplos do resto do mundo artístico independente a Paris, repensando a sua contemporaneidade por processos de trabalho. Este espaço de reflexão, ligado a uma análise do processo artístico, terá, por vezes, uma difícil leitura por um público não iniciado que se depara com uma “não-exposição”, mas sim, com um estaleiro de ideias. No entanto, este estaleiro é muito bem vindo para arejar as ideias da capital da democracia tricolor do Velho Continente.


Sílvia Guerra
Crítica independente